Category Archive brasil

Família Temer está morando no Palácio da Alvorada

O presidente Michel Temer, a primeira-dama, Marcela Temer, e o filho Michelzinho já estão morando no Palácio da Alvorada. A mudança aconteceu durante este fim de semana.

A mudança foi tardia, quase seis meses, devido a uma reforma, especialmente para acomodar o filho pequeno.

Visitas
O tradicional passeio pelo palácio às quartas-feiras, aberto para o público em geral, retornou nesta semana.

Obras foram feitas para a família poder se mudar. Imagem: Ilustração Foto: Beto Barata/PR

Ligações de fixos para móveis ficarão mais baratas em fevereiro

As tarifas das ligações locais e interurbanas de telefones fixos para móveis ficarão mais baratas a partir do dia 25. Os valores das chamadas locais terão redução entre 16,49% e 19,25%.

A queda no valor das ligações interurbanas será entre 7,05% a 12,01%. Novas reduções deverão acontecer até o ano de 2019, informa a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Diálogo permanente”, promete Taveira em leitura da mensagem anual

O prefeito Rosano Taveira fez, ontem (15), a leitura da mensagem anual, abrindo oficialmente os trabalhos do Poder Legislativo em Parnamirim. Na ocasião, já expôs fatos realizados nos seus 45 dias de governo.

Segundo o prefeito, “medidas estão sendo tomadas para o melhorar o desempenho da máquina pública” e que sua filosofia de trabalho é “manter a porta aberta para o diálogo”.

O processo de descentralização orçamentária e financeira nas secretarias da Saúde, Educação e Assistência; retorno da execução do sistema de esgotamento sanitário; a manutenção viária e das unidades de educação e saúde; reabertura da UPA de Nova Esperança; retomada das cirurgias eletivas na Maternidade Divino Amor e o refuncionamento do Programa da Saúde Bucal foram algumas das suas ações já implementadas na gestão ao longo desses 45 dias.

“Os desafios são enormes, mas conto com o apoio do Legislativo, Judiciário e Ministério Público e toda a sociedade civil para, juntos, retomarmos o equilíbrio das contas e dos investimentos, implementando um novo tempo e uma nova história”, concluiu o gestor.

Prefeito fez leitura da mensagem anual ontem (15). Foto: Reprodução

FGTS: Saiba onde, quando e como retirá-lo

Trabalhadores com contas inativas do FGTS vão poder sacá-lo. A notícia foi divulgada ontem (14) pelo governo federal. Dos R$ 43 bi em saques das contas inativas do FGTS, R$ 16 bi devem ir para o consumo.

O dinheiro será liberado a partir do dia 10 de março e seguirá uma sequência de acordo com a data de nascimento dos contribuintes.

    Março: nascidos em janeiro e fevereiro
    Abril: nascidos em março, abril e maio
    Maio: nascidos em junho, julho e agosto
    Junho: nascidos em setembro, outubro e novembro
    Julho: nascidos em dezembro

O benefício só é válido para o trabalhador que teve um contrato de trabalho finalizado até 31 de dezembro de 2015 e possua saldo nessa conta.

Para saber se tem direito a receber, pode acessar o site especial e/ou baixar o app FGTS. Nele, há informações do valor que têm a receber, a data do saque e os canais disponíveis para o pagamento.

Além do autoatendimento da Caixa, os trabalhadores poderão sacar FGTS em caixas automáticos e lotéricas, onde são permitidos saques de até R$ 3 mil.

Quem perder o prazo e não fizer o saque das contas inativas no mês do nascimento, poderá fazê-lo até 31 de julho.

Ilustração

Ministros denunciados na Lava Jato serão afastados, diz Temer

O presidente da República, Michel Temer, adiantou nesta nesta segunda-feira (13) que afastará os integrantes do primeiro escalão do governo que forem denunciados à Justiça pelo Ministério Público dentro das investigações da Operação Lava Jato.

No procedimento definido por Temer, caso um ministro seja denunciado ocorrerá seu afastamento provisório. Se a denúncia for aceita pela Justiça e o integrante do primeiro escalão se tornar réu em uma ação penal, ele deixará o governo em definitivo.

“O governo jamais poderá interferir nessa matéria. Se houver denúncia, o que significa um conjunto de provas eventualmente que possam conduzir ao seu acolhimento, o ministro que estiver denunciado será afastado provisoriamente”, disse o presidente. “Se acolhida a denúncia e o ministro se transforme em réu, o afastamento é definitivo”, completou.

Temer ressaltou, no entanto, que não se pode aceitar que uma citação em inquérito, sem elementos suficientes para denúncia, seja suficiente para se afastar um ministro. Mas reafirmou que o governo não “blindará ninguém”.

“Faço questão de enfatizar em letras maiúsculas, não há nenhuma tentativa de blindagem. A questão é muito séria. E retorno: se alguém converter-se em réu, estará afastado independentemente do julgamento final”, reiterou.

Economistas passam a ver inflação abaixo do centro da meta em 2017, a 4,47%

Economistas de instituições passaram a ver a inflação abaixo do centro da meta este ano com expectativa mais baixa para o dólar, segundo pesquisa Focus apurada pelo Banco Central.

As contas no levantamento divulgado nesta segunda-feira apontam agora alta do IPCA de 4,47 por cento em 2017, 0,17 ponto percentual a menos do que na semana anterior, na sexta redução seguida.

Com informações da Reuters

Moro parte para o ataque e dá nó no Supremo

O juiz Sergio Moro acaba de emparedar, silenciosamente, aqueles em Brasília que fazem de tudo para soltar Eduardo Cunha. Moro não negou somente o habeas corpus impetrado pelos advogados de Cunha. Juridicamente, essa decisão era esperada. O juiz foi além. Aproveitou a decisão, a mais relevante que tomou nos últimos meses, para fazer a defesa mais enfática, desde o começo da Lava Jato, sobre a necessidade das prisões preventivas. E defendeu o uso das prisões preventivas invocando, especialmente, as decisões de Teori Zavascki que mantiveram Cunha na cadeia.

O nó estratégico de Moro atinge diretamente os ministros do Supremo, que deverão julgar na próxima semana se soltam ou não Cunha. O nó: para revogar a prisão de Cunha, os ministros agora terão de, além de mudar o entendimento do Tribunal para o assunto, ir contra decisões de Teori exatamente contra o peemedebista. Nesse cenário, votarão, perante a opinião pública, contra um ministro cuja morte comoveu o país e em favor de um político odiado por boa parte dela.

O que está em jogo:

• A estabilidade do governo Temer. Quanto mais tempo Cunha ficar preso, maior a chance de insistir numa delação premiada. Uma delação dele, combinada à do operador Lúcio Funaro, parceiro de Cunha, teria potencial para fulminar o primeiro escalão do governo.
• A estabilidade da Câmara. A delação de Cunha, a depender da extensão, também atingiria deputados influentes.
• A estabilidade da Lava Jato. Se o Supremo ignorar o nó de Moro e reverter o entendimento sobre as prisões preventivas, estejam os ministros certos ou errados, a operação será manietada.

Com informações da ÉPOCA

O juiz federal Sergio Moro (Foto: Paulo Lopes/Futura Press/Folhapress)

Lava Jato pode perder força

Reportagem da VEJA desta semana traz um alerta para a sociedade: O bote contra a Lava Jato está armado.

Segundo a publicação, “tudo conspira, dentro e fora do governo, para sabotar ou pelo menos restringir o alcance da Lava Jato”, pois “os sinais da cruzada pela impunidade estão no governo, no Congresso, no Supremo e até na Polícia Federal”.

O vale-tudo contra a operação, agora à luz do dia, conta ainda com ações sem estardalhaço, como o desmonte da força-tarefa da PF, com a remoção de personagens centrais, como o delegado Márcio Anselmo, que desvendou a relação do doleiro Alberto Youssef com a Petrobras, marco zero da Lava Jato, e irá para a corregedoria da PF no Espírito Santo.

MPF denuncia o empresário Eike, ex-governador Cabral e mais sete por corrupção

O Ministério Público Federal recebeu inquérito da Polícia Federal e aceitou denúncia contra o empresário Eike Batista, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e mais sete pessoas, por corrupção e lavagem de dinheiro.

A denúncia é resultado das operações Eficiência e Calicute, desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, em que já foram presas mais de 12 pessoas, entre familiares e ex-assessores ligados a Cabral, incluindo sua esposa, a advogada Adriana Ancelmo.

Por corrupção passiva e lavagem de dinheiro são denunciados Sérgio Cabral, a esposa, Adriana Ancelmo, e dois ex-assesoores, Wilson Carlos e Carlos Miranda.

O dono das empresas EBX, Eike Batista, e seu braço direito, o advogado Flávio Godinho – que participou do acerto do pagamento de U$ 16,5 milhões a Cabral, feito em 2011 por meio de uma operação fraudulenta – são denunciados por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Os irmãos Chebar – Renato e Marcelo –, que trocaram delações detalhando o esquema de Cabral por redução de pena, além de Luiz Arthur Andrade Correia, vão responder na Justiça por evasão de divisas e por manter recursos não declarados no exterior.  Eles são os únicos que não estão presos, entre os denunciados hoje pelo Ministério Público.

A denúncia dos procuradores foi encaminhada ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Na quarta-feira (8), a PF tinha indiciado 12 pessoas somente na Operação Eficiência.

Além do pagamento de propina de R$ 16,5 milhões em troca de benefícios do estado, segundo o MPF, o ex-governador recebeu, em 2013, R$ 1 milhão, por meio da simulação da prestação de serviços do escritório de Adriana à EBX. Nas buscas, nenhum documento comprovou a prestação de serviço às empresas de Eike.

Nas contas dos procuradores, pelos dois pagamentos, o empresário pode pegar até 44 anos de pena máxima e o ex-governador até 50 anos, embora a Justiça limite penas até 30 anos.

Do EBC

Lava Jato: STF abre inquérito contra Renan, Jucá, Sarney e Sérgio Machado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizou ontem (9) abertura de inquérito para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), além do ex-senador José Sarney e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado. Os investigados são acusados crime de embaraço às investigações da Operação Lava Jato. O crime de embaraço se refere à tentativa de barrar ou atrapalhar uma investigação.

Segundo o procurador, os acusados “demonstram a motivação de estancar e impedir, o quanto antes, os avanços da Operação Lava Jato em relação a políticos, especialmente do PMDB, do PSDB e do próprio PT, por meio de acordo com o STF e da aprovação de mudanças legislativas.”

Outro lado
Tanto Romero como Calheiros negaram as acusações da PGR.

Com informações da Agência Brasil

Eclipse da Lua pode ser visto hoje em todo o país

Hoje (10) acontece o fenômeno conhecido como eclipse penumbral. Ele poderá ser visto em todo o Brasil e em diversos países pelo mundo.

O fenômeno pode ser visto a partir das 20h34 (horário de Brasília) e sua fase máxima está prevista para às 22h44.

Imagem: Ilustração
1 32 33 34 46