Category Archive jornalismo

Natal é a terceira capital com maior taxa de desemprego, diz IBGE

Dados da pesquisa mais recente do IBGE mostram que Natal teve alta taxa de desemprego e também queda no rendimento financeiro. A capital teve a terceira maior taxa de desemprego no país.

Os dados revelam uma taxa de 17,3% (78 mil) de desempregados, sendo a taxa de desocupação das mulheres de 18,6% e para os homens de 16%.

Quem continua trabalhando, percebeu uma queda no rendimento médio, que caiu de R$ 2.705 para R$ 2.242.

Aldemir Freire, economista e chefe da unidade do IBGE no Rio Grande do Norte, explica que a crise é o principal fator para essa causa. “Os setores de comércio e serviços registraram queda no primeiro semestre e isso dificulta “, explica.

Dilma ministra palestra em Natal

A ex-presidente da República, Dilma Rousseff, estará participando de um evento promovido pela Associação dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Adurn). Ela vai dar uma palestra sobre o momento político do Brasil depois do impeachment que a tirou do cargo.

Segundo a Adurn, a iniciativa tem promovido a discussão de soluções para que o país possa retomar os caminhos da Democracia, da tolerância, do respeito às diferenças, da convivência democrática e solidária. Já foram realizadas sete edições do evento, que reúne, em média, três mil pessoas.

O projeto está com todas as vagas esgotadas.

Deputados potiguares se solidarizam com ministro Marcelo Navarro

Os deputados da Assembleia Legislativa Potiguar se solidarizaram com o ministro Marcelo Ribeiro Navarro Dantas após a Polícia Federal concluir que não houve crime de obstrução de justiça na indicação do magistrado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) por parte da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2015.

O documento ganhou publicidade na imprensa nacional na terça-feira (22) e a PF apontou que, feitas todas as diligências, não se confirmou a denúncia contra o potiguar.

Em pronunciamento, Kelps Lima, Fernando Mineiro (PT) com aparte dos deputados Hermano Morais (PMDB), José Dias (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM), bem como Gustavo Carvalho (PSDB) e George Soares (PR), prestaram solidariedade ao ministro.

Mesmo sem acordo, Câmara inicia discussão de PEC da reforma política

BRASÍLIA (Reuters) – Mesmo diante da impossibilidade de um acordo em torno de Proposta de Emenda à Constituição que cria um fundo público de financiamento de campanhas e modifica o sistema eleitoral, a Câmara iniciou na noite de quarta-feira a discussão da PEC para tentar votar ao menos seu texto principal.

    Ao longo do dia lideranças tentavam construir um acordo para garantir ao menos a votação do texto principal da medida ou votar a PEC de forma fatiada, deixando a análise de temas polêmicos para a quarta-feira.

    Mas o clima não estava dos mais amistosos e assim que foi iniciada a discussão da PEC, manobras de obstrução brotaram no plenário, deixando a divergência entre os parlamentares evidente.

    Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que colocaria a PEC em votação mesmo sem acordo nesta terça, mas aguardava que fossem registradas aproximadamente 470 presenças na Casa para iniciar a votação da matéria de forma confortável, já que são necessários 308 votos para aprovar seu texto.

    Pouco depois da votação de uma MP que trata da renegociação de dívidas previdenciárias de Estados e municípios com o INSS, o placar marcava 468 em plenário, número próximo do quórum considerado seguro pelo presidente da Casa.

    Antes do início dos trabalhos no plenário, até a oposição concordava em votar o texto principal da PEC nesta terça. Mesmo o PT, que fechou questão contra o sistema majoritário que a PEC pretende implantar como substituto ao modelo proporcional para 2018 e 2020, havia topado iniciar a votação da proposta nesta noite.

    Mas segundo um deputado, que preferiu não se identificar, o combinado de votar o texto-base nesta terça-feira poderia ser ameaçado pelo temor de uma repercussão negativa com a aprovação de um texto que prevê a criação de um fundo abastecido com recursos públicos.

Justiça Federal no Rio Grande do Norte tem mais de R$ 52 milhões a procura de beneficiários

A Justiça Federal no Rio grande do Norte (JFRN) disponibilizou a relação de 22.454 pessoas/empresas beneficiadas por Precatórios e Requisições de Pequeno Valor/RPVs, contendo montantes depositados há mais de dois anos e ainda não sacados pelas partes interessadas. A lista, disponível em www.jfrn.jus.br, permitirá aos credores saberem se tem direito a valores depositados em contas judiciais.

Para saber se faz parte desse rol, basta acessar o Portal da Justiça Federal no Rio Grande do Norte e clicar no link “Precatórios/RPV”. Depois disso, é preciso digitar o número do CPF ou CNPJ, o nome completo da pessoa física ou jurídica e o número do processo judicial (se souber). Se confirmada a existência de valores pendentes de saque, o beneficiário poderá, até 31 de agosto de 2017, dirigir-se a qualquer agência da instituição bancária onde foi realizado o depósito, munido dos seguintes documentos:

Pessoa física:

– Documento de Identificação

– CPF (dispensado caso tenha no documento de identificação)

– Comprovante de Endereço em nome do beneficiário (Validade 90 dias).  Caso o beneficiário não tenha documento em seu nome, pode trazer em nome do cônjuge, do pai, da mãe ou de imóvel alugado desde que comprovado o parentesco ou a situação.

Pessoa Jurídica

– Documento de Constituição da Empresa (contrato Social e Alterações)

– Documento dos Sócios Representantes (CPF, Identidade e Comprovante de endereço)

– CNPJ

– Certidão da Junta Comercial

             

Após o dia 1º de setembro de 2017, será necessário que o beneficiário requeira no juízo onde tramitou a ação, através de seu advogado, a expedição de novo precatório ou  Requisição de Pequeno Valor

Força Nacional no RN tem presença prorrogada

Até o fim do ano, 31 de dezembro de 2017, a Força Nacional de Segurança Pública continua atuando no Rio Grande do Norte. A decisão foi autorizada pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Conforme a portaria, os homens e mulheres da FN continuarão nas ações de policiamento ostensivo, polícia judiciária, e perícia forense, com o objetivo de redução de homicídios dolosos, feminicídios, violência contra a mulher e no combate à criminalidade organizada transnacional, em especial aos tráficos de drogas de armas.

PF vê indícios de corrupção e lavagem por José Agripino

A Polícia Federal (PF) informou, na segunda-feira (21), que concluiu o inquérito sobre o senador José Agripino Maia (DEM-RN), no qual encontrou indícios dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“O recebimento das vantagens ilícitas se deu tanto por meio de doações eleitorais oficiais, que foram direcionadas ao diretório, como por meio de repasses em espécie, que transitaram por contas do próprio investigado e também por contas de familiares, entre os anos 2012 a 2014, totalizando a quantia de pelo menos dois milhões de reais”, explica PF sobre a investigação.

A investigação, acrescenta a Polícia Federal, é baseada na análise de mensagens de texto extraídas do celular de José Adelmário Pinheiro Filho, ex-presidente da OAS, assim como em informações colhidas nas delações premiadas do doleiro Alberto Youssef e de Rafael Angulo Lopez, “além do exame de mais de mil páginas de documentos, a inquirição de diversas pessoas, quebras de sigilo bancário, fiscal e telefônico dos investigados.

José Agripino nega as acusações.

Método Supera traz Rossandro Klinjey a Natal

Escritor, psicólogo clínico, mestre em Saúde Coletiva e Doutor em Psicanálise, Rossandro Klinjey, vem a Natal ministrar duas palestras no dia 12 de setembro. O evento, uma realização do Supera – maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil – em comemoração ao 1 ano da unidade de Parnamirim/RN, acontecerá no Holliday Inn Arena, em Lagoa Nova. As inscrições estão sendo feitas no site www.crioneventos.com.br.

O palestrante abordará duas temáticas, em dois momentos com públicos distintos. A primeira palestra será às 15h com o tema “Qualidade de vida emocional” e a segunda às 19h com o tema ”Educação: a melhor herança que posso deixar para os meus filhos”.

Aos que agendarem uma aula grátis no Supera ganharão um voucher de 50% de desconto para assistir a uma das palestras e concorrerão a um livro de Rossandro. As inscrições custam R$ 60,00 (meia) e R$ 120,00 (inteira). Informações: (84) 2030-4626.

Trotes prejudicam atendimentos do SAMU em Natal

Responsável por prestar atendimento pré-hospitalar rápido em casos graves, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Natal 192 tem sua atuação prejudicada devido aos trotes. Só nos sete primeiros meses do ano, foram registrados 1.380 trotes em um universo de 31.429 ligações atendidas.

“São ligações de todos os tipos, desde que vão fazer coisas com os atendentes, até indicação de uma ocorrência que não existe. Infelizmente, algumas vezes acabamos enviando a viatura e chegando lá não existe nenhum problema. Ou seja, uma viatura que poderia prestar socorro para uma vítima real, acaba sendo deslocada para esses casos”, explica a coordenadora do serviço, Cecília Picinin.

Os números que ligam para o Samu ficam registrados no sistema, ajudando a Polícia na identificação dos que fazem os chamados.

Conscientização, principalmente das crianças e adolescentes, é essencial para não prejudicar trabalho.

Saldo da balança comercial do RN cresce 26,3% em sete meses

O saldo da balança comercial do Rio Grande do Norte nos sete primeiros meses deste ano está positivo, com um superávit de US$ 30,3 milhões. Tanto as exportações quanto as importações também tiveram crescimento.

De acordo com o estudo, até julho, houve um crescimento de 26,3% em comparação com o mesmo intervalo de 2016. O volume de exportações atingiu o patamar de US$ 143,9 milhões, um aumento de 10,1% em relação ao mesmo período de 2016. Já as importações tiveram um crescimento menor (6,5%) e chegaram ao volume de US$ 113,6 milhões.

Os melões continuam liderando a pauta de exportação potiguar. Já a pauta de importação foi encabeçada pelo trigo.

Imagem: Reprodução

Potiguares alcançaram colocação Ouro na final da Olimpíada Nacional em História do Brasil

Três jovens potiguares alcançaram no domingo, dia 20, a colocação Ouro na grande final da 9ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), disputada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em Campinas-SP. Abraão Lucas, Gabriela Diandra e Lucas Gabriel Marinho, alunos do Pré no Over Colégio e Curso, concorreram com mais de 32 mil inscritos em todo o país e foram selecionadas em um grupo de 270 equipes classificadas.

Os estudantes tiveram que passar por 5 fases, nas quais mostraram seus conhecimentos sobre história do Brasil, envolvendo textos, documentos, imagens e mapas, através de questões de múltipla escolha e da realização de algumas tarefas. A ONHB existe desde o ano de 2009, por iniciativa do Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). A olimpíada abrange todo o território nacional e é um grande sucesso para alunos e professores do Brasil.

A ONHB tem um formato original. A Olimpíada é realizada por equipes compostas por 4 pessoas: 3 estudantes (oitavo e nono anos do ensino fundamental e qualquer ano do ensino médio) e o professor de história do colégio. “Que resultado maravilhoso… É ouro na cabeça!!! Obrigado Senhor. Parabéns feras que trouxeram o Ouro para o RN, parabéns ao professor Kleiton Andrade, a toda equipe Over e aos demais alunos que participaram da competição”, comemorou o diretor da escola, Carlos André, nas redes sociais.

Potiguares conquistam ouro na final da Olimpíada Nacional em História do Brasil. Foto: Divulgação

Lei do Queijo Potiguar é destaque no portal do Estadão

A regulamentação dos queijos artesanais produzidos no Estado do Rio Grande do Norte é destaque no Portal Estadão, na sessão Paladar, voltada ao mundo da gastronomia.

A matéria da jornalista Débora Pereira traz informações sobre a lei, os desafios da regularização, além do posicionamento dos órgãos e depoimento da chef de cozinha Adriana Lucena.

Estima-se que há mais de 350 queijarias artesanais potiguares, sendo que 311 estão nos 28 municípios do Seridó, sertão do Rio Grande do Norte.

CLIQUE AQUI E LEIA NA ÍNTEGRA

Queijos artesanais são facilmente encontrados na cidade.
Foto: Elisa Elsie/Reprodução
1 2 116