Category Archive RN

Vendas para o jogo Flamengo x Boa Vista em Natal são iniciadas

O Estádio Arena das Dunas será palco de um jogo do campeonato carioca 2017 no próximo sábado (28). O jogo será do Flamengo x Boavista S.C.

As vendas de ingressos estão liberadas para todos, desde torcedor comum até sócio-torcedor. Por enquanto, as vendas acontecem apenas por meio do site www.arenadunas.com.br.

Na próxima segunda-feira (23), as vendas iniciarão na Bilheteria 1 da Arena das Dunas (lado Prudente de Morais – Portão T) e a partir da próxima terça-feira (24) os pontos de venda da Sport Master (Midway Mall, Norte Shopping e Natal Shopping) e Pittsburg da Prudente de Morais também serão pontos de vendas.

Valores:

1º Anel Leste (FLAMENGO) R$ 120 (inteira) /R$ 60
Anel Sul (FLAMENGO) R$ 80(inteira) /R$ 40
1º Anel Noroeste (BOAVISTA) R$ 130(inteira) /R$ 65

Imagem: Reprodução

Governador do RN pretende fechar Alcaçuz

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), defendeu que a solução para os problemas em Alcaçuz era transferir todos os presos e desativar a unidade.

“Hoje tem que ser um novo presídio, até porque foi construído em cima de uma duna, foi um grande equívoco da época. Acho muito melhor fazer um deslocamento, hoje ali é uma área turística, tem muitas casas no entorno, tem lagoa, tem praia, é uma área que não cabe mais o presídio, tem que levar para uma área muito mais distante, isolada”.

Divergências entre autoridades de segurança e governador esticaram rebelião em Alcaçuz

Divergências entre o governador Robinson Faria (PSD) e autoridades de segurança pública esticaram a rebelião na Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal. Nesta sexta-feira (20), completaram sete dias de motim na cadeia. O resultado é que não se decide qual será o momento em que a polícia entrará no presídio e tentará encerrar de uma vez o levante.

O governador aceitou o argumento do policial e só no fim da tarde de quinta-feira a Polícia Militar entrou no local. Mas, ainda assim, não foi feita uma revista nas celas, nem apreendidos os armamentos, o que levou a rebelião ao sétimo dia nesta sexta-feira.

Procurados por ÉPOCA, Azevedo e Faria minimizaram divergências. “A decisão da entrada em Alcaçuz somente na tarde de ontem foi consensual entre mim e as nossas forças de segurança. A polícia entrou no presídio e não houve conflito com detentos. Eu confio no trabalho das forças de segurança do Rio Grande do Norte”, afirmou o governador em nota.

Tropa de Choque da PM entrou na Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte (Foto: Adriano Abreu / Tribuna do Norte / Ag. O Globo)

Adaptado da ÉPOCA

Presos usam celular no presídio de Alcaçuz

Detentos rebelados de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte, ainda estão fazendo uso de aparelhos celulares. O flagra é desta manhã deste sábado (21) pelo jornalista do G1.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os bloqueadores de celular instalados em Alcaçuz foram desligados para não atrapalhar o trabalho da polícia, que reforça o patrulhamento na área externa da unidade. 

Do blog: Baterias de celulares que não acabam…

Presos também podem ser vistos usando aparelhos celulares (Foto: Fred Carvalho/G1)

Macau e Guamaré devem se abster de realizar Carnaval, pede MP

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu nesta sexta-feira (20) recomendação para os prefeitos de Macau e Guamaré de não promoverem o Carnaval 2017. O órgão pede que priorize o uso de dinheiro público em obras e serviços permanentes, urgentes ou prioritários para a população..

Para o MP, é incompatível a aplicação de recursos públicos numa festa quando os municípios atravessam um estado de emergência, que é válido até março deste ano.

Em ambas as cidades, os gestores deverão não apenas promover o Carnaval assim como evitar a realização de eventos de natureza semelhante, que incluam a contratação de artistas, de serviços de “buffets” e a instalação de banheiros e montagens de estruturas (como sonoplastia, palcos, tendas, geradores) e outros gastos relacionados, enquanto perdurar o estado de emergência.

Foto: Ilustração/G1

MP exige que governo do RN tome providências em Alcaçuz

O Ministério Público do Rio Grande do Norte publicou, nesta sexta-feira (20), diversas ações que o governo estadual deve realizar no presídio de Alcaçuz. No total, foram cinco recomendações publicadas pelo Ministério Público Estadual, assinadas pelo Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis, e mais sete promotores da Força Tarefa.

Eis:

1) Que sejam tomadas todas as providências efetivas para retomar o controle das unidades prisionais do Estado do Rio Grande do Norte, adotando as medidas necessárias, inclusive mediante o uso de força policial que se faça necessária, na forma da lei;

2) Que determine aos integrantes das forças de segurança estaduais que apreendam e entreguem à Polícia Civil, comunicando ao Ministério Público, armamentos, aparelhos celulares, substâncias explosivas, drogas e qualquer outro bem ilícito que esteja em posse dos detentos dentro dos estabelecimentos prisionais;

3) Que determine a retirada das vítimas de homicídio do Complexo de Alcaçuz, encaminhe ao Itep e divulgue suas respectivas identificações;

4) Que solicite todo o apoio possível e em número necessário de forças federais, inclusive das Forças Armadas, de grupos especiais do DEPEN e da Força Nacional, para fazer cessar as rebeliões e também:

a) Para estabelecer protocolos e procedimentos de segurança, revistas e atuação, com treinamento operacional de pessoal;

b) Para utilizar equipamentos eletrônicos de rastreamento de aparelhos de celular existentes nas unidades prisionais, como equipamentos de varredura.

c) Para a realização de diagnóstico operacional para a reestruturação do sistema prisional do Estado do Rio Grande do Norte.

5) Que determine aos agentes penitenciários do Rio Grande do Norte que se abstenham de confiar acesso diferenciado a locais e a informações, em unidades penitenciárias, a presos tidos como “de confiança”, reservando o trabalho dos internos a tarefas que não gerem risco ao sistema;

O órgão afirma que, em caso de não acatamento da recomendação, adotará as medidas legais necessárias a fim de assegurar a sua implementação.

Governo segue pagamento do funcionalismo neste sábado

O Governo do RN paga neste sábado (21) uma parcela de R$ 4 mil aos servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado que recebem acima de R$ 4 mil, totalizando uma soma de R$ 78,8 milhões.  

O complemento dos salários deste grupo, independente do valor, será depositado em breve, a partir da disponibilidade de recursos, encerrando a folha de dezembro.

É importante destacar que o Governo já pagou integralmente os salários de 82% do funcionalismo, incluindo os servidores ativos da Educação, administração indireta que possuem recursos próprios, além de ativos, inativos e pensionistas que recebem até R$ 4 mil.

Rogério Marinho defende erradicação de Alcaçuz e diz que presídio é “equívoco histórico”

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) defende que é a oportunidade que o Governo potiguar tem para erradicar a penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, que considera um “equívoco histórico”. Ainda de acordo com o parlamentar, recursos já foram disponibilizados pelo Governo Federal no sentido de construir novas penitenciárias no RN.

“A erradicação do presídio de Alcaçuz pode ser a chance de um recomeço. É preciso construir um presídio de segurança máxima em uma área do Estado longe de centros urbanos. A crise atual permite corrigir este equívoco histórico que foi a construção de um presídio em cima de dunas. É desastroso e as fugas de presos são previsíveis. Segurança nula. Só existe uma solução possível: construção de um novo”, disse o deputado.

Deputado colocou seu mandato à disposição do governo do Estado Foto: Reprodução

TJRN cria força-tarefa para acelerar julgamento de presos no RN

O Tribunal de Justiça do RN criou uma força-tarefa de juízes e servidores para analisar os processos de presos ainda não levados a julgamento, mas que estão encarcerados em unidades prisionais do Estado – número que chega a 2.901. O Poder Judiciário deu um prazo de 90 dias.

Para o TJRN, “esse esforço concentrado e continuado significa a primeira contribuição do Judiciário do Rio Grande do Norte para mitigar a crise penitenciária”. E enfatiza que “a crise nasceu no Executivo”.

O esforço irá contar também com a participação do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública e OAB.

TJRN busca dias mais tranquilos junto à população potiguar. (Foto: Reprodução/TJRN)

STTU autoriza serviço de lotação

Eis a nota:

A Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STTU) informa que, devido aos ataques a ônibus em diferentes pontos da cidade, autorizou aos táxis, transporte escolar e veículos credenciados pelo DER a realizarem o serviço de lotação, já que levou os veículos do sistema regular de transporte foram recolhidos ás garagens. 
 
Os serviços de lotação deverão cobrar o valor da passagem inteira, ou seja, R$ 2,90, e estão dispensados de cobrar meia passagem.
1 31 32 33 44