Category Archive Economia

Saldo da balança comercial do RN cresce 26,3% em sete meses

O saldo da balança comercial do Rio Grande do Norte nos sete primeiros meses deste ano está positivo, com um superávit de US$ 30,3 milhões. Tanto as exportações quanto as importações também tiveram crescimento.

De acordo com o estudo, até julho, houve um crescimento de 26,3% em comparação com o mesmo intervalo de 2016. O volume de exportações atingiu o patamar de US$ 143,9 milhões, um aumento de 10,1% em relação ao mesmo período de 2016. Já as importações tiveram um crescimento menor (6,5%) e chegaram ao volume de US$ 113,6 milhões.

Os melões continuam liderando a pauta de exportação potiguar. Já a pauta de importação foi encabeçada pelo trigo.

Imagem: Reprodução

Prefeitura de Natal dá descontos e parcelamentos para quitação de débitos com o Município

A Prefeitura do Natal está oferecendo descontos em multas e juros de débitos com o Município que chegam a 90%, além de parcelamentos de até 60 meses na quitação das pendências. As medidas estão em decreto que institui um regime especial provisório de quitação de débitos tributários e não tributários (como multas nas áreas ambiental e de transporte). O decreto nº 11.326, publicado no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (16), estabelece o período de negociação dos contribuintes junto à Secretaria Municipal de Tributação até dia 15 de setembro.

Com a edição do decreto assinado pelo prefeito Carlos Eduardo, a Prefeitura pretende, reconhecendo o momento de crise econômica do país, abrir aos contribuintes com débitos junto ao Município a possibilidade de evitar a negativação nos cadastros de proteção ao crédito; evitar que tenham processos executados judicialmente por dívidas junto à administração, sendo de tributos ou taxas diversas; e evitar o crescimento da Dívida Ativa Municipal.

“Este decreto é de extrema importância porque estamos em um momento difícil de crise. Na administração, estamos todos imbuídos em procurar soluções para evitar a execução de processos no Judiciário”, afirma o secretário municipal de Tributação, Ludenilson Lopes, lembrando que o Judiciário vem se empenhando em dar celeridade aos processos em geral e, consequentemente, deve gerar bloqueios de bens como forma dos contribuintes quitarem suas dívidas. “Não é interesse do Município essas execuções e leilões, por isso estamos criando alternativas para a regularização fiscal dos contribuintes”, destaca.

O secretário explica que, só não pode ser parcelada a dívida que corresponde ao bem já penhorado e já inscrito em leilão marcado. Nesse caso, a negociação só é feita à vista, embora os contribuintes tenham direito aos descontos. Para os devedores inscritos na Dívida Ativa do Município ou com débitos já judicializados, é possível o parcelamento e também o desconto para quem preferir quitá-los à vista. “Para quem está na Dívida Ativa ou judicializado, esse é o nosso público alvo, evitando chegar à fase do leilão”, afirma Ludenilson, lembrando que o ideal é recorrer à negociação o mais rápido possível, evitando que o bem seja arrolado para leilão. O próximo leilão está previsto para o dia 25 de setembro.

Imagem: Ilustração

Folha revela que delação atingiu poderes e empresários do RN

Da Folha de S. Paulo sobre a operação deflagrada hoje em Natal:

-Segundo a Folha apurou, a operação é decorrente de uma delação premiada que envolve todos os poderes do Rio Grande do Norte, Executivo, Legislativo e Judiciário, além de parcela significativa dos empresários de Natal.

Salário mínimo em julho deveria ser de R$ 3.810,36, diz Dieese

Em julho, o salário mínimo necessário para manter uma família de quatro pessoas deveria equivaler a R$ 3.810,36. O valor é 4,07 vezes o salário em vigor, de R$ 937,00. A estimativa é do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

O valor é calculado com base na cesta básica mais cara entre as 27 capitais, que, em julho, foi a de Porto Alegre: R$ 453,56.

Imagem: Marcos Santos/USP Imagens

Saiba quais são as 30 marcas mais falsificadas do mundo

O Portal ‘Love Money’ divulgou uma lista com as 30 marcas mais falsificadas no mundo. Cerca de 63,2% dos produtos falsos são originários da China, e os itens mais pirateados são os de empresas norte-americanas.

O mercado brasileiro é receptivo aos produtos falsificados de grifes. Foto: Ilustração

Eis:

1 – The North Face
2 – Cartier
3 – Hermès
4 – Levi’s
5 – Tiffany & Co.
6 – Coach
7 – Ugg
8 – Polo Ralph Lauren
9 – Lipitor
10 – Samsun
11 – Walt Disney
12 – Ray-Ban
13 – Gucci
14 – Michael Kors
15 – Viagra
16 – Cialis
17 – Tamiflu
18 – Chanel
19 – Louis Vuitton
20 – Adidas
21 – Rolex
22 – Nike
23 – Apple
24 – Marc Jacobs
25 – Bulgari
26 – Samsung
27 – MAC Cosmetics
28 – Burberry
29 – SuperMatch
30 – OtterBox

Governador do RN negocia empréstimo para amenizar crise financeira

Buscando recuperar e equilibrar a situação financeira do Rio Grande do Norte, o governador do Estado, Robinson Faria, esteve, na terça-feira (01), em Brasília, se reunido com dirigentes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Espera-se um crédito na ordem entre R$ 600 milhões e R$ 800 milhões.

As frentes desenvolvidas pelo chefe do Executivo Estadual são de operações de crédito junto a Caixa Econômica e Banco do Brasil, Tesouro Nacional e ressarcimentos de recursos.

O montante será aplicado no reequilíbrio das contas, etapa necessária para regularização da folha de salários. O governador explica que está empenhado em levantar recursos para o Estado. “Essa é a prioridade absoluta do estado que conta com meu empenho pessoal. Não descansaremos enquanto não atingirmos esse objetivo”, reforçou o governador.

O encontro também teve a participação do deputado Fábio Faria e do secretário extraordinário Vagner Araújo.

 

 

Robinson busca recursos em Brasília. Foto: ASSECOM/RN

 

REUNIÃO COM A CAIXA
O secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, chega hoje em Brasília, onde tem uma reunião técnica na Caixa Econômica para, em até 45 dias, tentar concluir uma primeira operação que já vai desafogar o Estado.

RECURSOS PARA SEGURANÇA
Robinson esteve, na quarta (02), também em audiência com o Ministro da Justiça, Torquato Jardim, para trazer recursos que vão reforçar todo o aparato da Segurança Pública.

Natal se prepara para receber Centro Comercial voltado à moda, consumo e serviços

São Gonçalo do Amarante, na Zona Norte de Natal, no Rio Grande do Norte, receberá, ainda neste semestre, o Natal Moda Outlet – centro comercial voltado para moda, consumo, negócios, gastronomia serviços e lazer. O lançamento da primeira fase está prevista para o primeiro semestre de 2018, já para outubro de 2017 com a comercialização de 93 lojas e em novembro mais 318 quiosques. O local ainda contará com diversas opções de lazer e serviços.

“Estamos finalizando a primeira fase do projeto e que tem previsão de entregar as primeiras lojas e quiosques. É um centro de comercio, serviços e consumo a cinco minutos do aeroporto de Natal, com opções de lazer, alimentação, compras e serviços públicos”, explica Roberto Carvalho Dias, diretor executivo da Landinvest, empresa responsável pela estratégia e captação de recursos.

Nesta primeira fase são 16mil m2 de área e se estima o fomento de 10.000 empregos diretos e indiretos nesta primeira etapa. Ainda segundo Roberto, o Natal Moda Outlet é pioneiro por ofertar a possibilidade de acesso a um mercado robusto e proporcionar aumento de capilaridade para fabricantes de vestuário para terem a vantagem competitiva de comercializar de forma direta para revendedores e para o público consumidor com preço baixo de ocupação, menos impostos na cadeia, com volume de atacado e margens de varejo. “O Natal Moda Outlet chega para fomentar não só o mercado local, como também o mercado de todo o Rio Grande do Norte. Contará com marcas de roupas, calçados e acessórios, além de serviços públicos e privados a disposição de toda a população e áreas de lazer, como playground, pátio, jardins e áreas de descanso. A cidade de Natal e região ganhará o melhor centro de comercial do Estado”, afirma.

Para atender todas as expectativas do projeto, o Natal Moda Outlet contará com estacionamento com capacidade para 3 mil veículos e todo setorizado, recebendo utilitários e caravanas de excursão, atendendo famílias e compradores profissionais.

Com localização estratégica às margens de rodovia, próximo do aeroporto internacional por onde circulam 25 mil passageiros por dia em média, com população num raio de vinte minutos de carro de 500 mil pessoas, segundo o empreendimento, e situado na Região Metropolitana de Natal, o projeto Natal Moda Outlet se propõe a ser um hub de negócios, alimentação e serviços na Região.

Imagem ilustrativa maquete – divulgação

Extensão online de B2B
Entre as estratégias do Natal Moda Outlet é o lançamento conjunto de um canal de B2B que beneficia às indústrias presentes no complexo comercial.

As lojas em operação no Natal Moda Outlet contarão com o acesso gratuito à plataforma online, podendo realizar não só as ações comerciais no espaço físico, como também fomentar a venda de atacado através do market place B2B. “É inovador, inédito e substancialmente lucrativo para todas as empresas presentes no Natal Moda Outlet, pois ganham um elemento de forte impacto no mercado e com investimentos em  gestão, distribuição e logística, e marketing, o que garante todo o respaldo para as marcas do Natal Moda Outlet”, garante Roberto.

O Natal Moda Outlet pretende também fomentar o Rio Grande do Norte com sua vocação para moda, agregando em sua segunda fase de ampliação industrias interessadas em instalar suas lojas na ampliação do espaço e promover a abertura de novos mercados e oportunidades de negócios diretos entre industriais do setor de confecção, calçados e acessórios de todo o país.

Recursos financeiros da UFRN estão no limite

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está no limite do seu orçamento financeiro, apesar da diminuição em 7% do total recebido em 2016. A razão para isso é a falta do repasse do governo federal.

Em 2016, o orçamento que a universidade chegou a receber de maneira aproximada foi em R$ 1,4 bilhão. Para este ano, a expectativa é aproximadamente R$ 1,3 bilhão, mas até agora foi recebido R$ 590 milhões, valor equivalente ao orçamento de 2007.

Segundo a reitora, Ângela Maria Paiva, a princípio, os recursos destinados no orçamento são suficientes para manter a instituição funcionando até o final de ano. “A instituição vai precisar rever seus custos e corta mais despesas caso não receba o restante do pagamento da verba”, afirma a reitora.

Foto: ILUSTRAÇÃO

Saque de FGTS inativo termina nesta segunda-feira

O prazo para sacar os valores disponíveis nas contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) termina na próxima segunda-feira (31). Segundo a Caixa Econômica Federal, o dinheiro que não for retirado volta para a conta vinculada do empregado.
 
Quem perder o prazo, só poderá usar os recursos nos casos previstos anteriormente, como para a compra da casa própria, na aposentadoria, em caso de demissão sem justa causa, quando a conta permanecer sem depósitos por três anos ou no caso de algumas doenças.
Ilustração/Reprodução

Governo do RN encerra folha de junho neste sábado

Após muita polêmica com o atraso de pagamento dos servidores, o governo do Estado promete encerrar neste sábado (29), o pagamento dos servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil. O montante depositado será de R$ 65,1 milhões referente a folha de junho. 
 
Os servidores ativos da Educação e Administração Indireta recebem o pagamento da folha de julho nesta sexta-feira (28).

Governo anuncia contingenciamento de R$ 5,9 bi; PAC terá bloqueio de R$ 5,2 bi

O governo anunciou há pouco o contingenciamento de R$ 5,9 bilhões e o remanejamento de R$ 2,2 bilhões do Orçamento deste ano. Com isso, chega a R$ 44,9 bilhões o total de verbas bloqueadas para 2017.

O corte atinge principalmente o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que perderá, ao todo, R$ 7,48 bilhões, sendo R$ 5,2 bilhões que serão contingenciados e R$ 2,2 bilhões que serão realocados para outros órgãos e áreas considerados essenciais – como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o sistema de controle do espaço aéreo e o combate ao trabalho escravo.

O restante da verba contingenciada refere-se a emendas impositivas de bancada (R$ 214,3 milhões), emendas impositivas individuais (R$ 426,2 milhões) e recursos do Legislativo e do Judiciário (R$ 7,4 milhões).

O corte foi necessário para repor a queda na expectativa total de arrecadação, anunciada na ultima sexta-feira (21), que passou de R$ 1,386 trilhão para R$ 1,380 trilhão.

Havia a expectativa de que o corte fosse menor, devido à possibilidade de entrada de receitas extraordinárias. Contundo, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que não foi possível fazer as avaliações necessárias, já que o prazo para o anúncio do contingenciamento termina amanhã (28).

 

tabela contingenciamento

Desemprego atinge 13% da população brasileira

O desemprego no país foi de 13%, em média, no trimestre de abril a junho, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No período, o número de desempregados no Brasil foi de 13,5 milhões de pessoas.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28) e fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, do IBGE. A pesquisa não usa só os trimestres tradicionais, mas períodos móveis (como fevereiro, março e abril; março, abril e maio etc).

O IBGE considera desempregado quem não tem trabalho e procurou algum nos 30 dias anteriores à semana em que os dados foram coletados.

1 2 14