Category Archive Cultura

Espetáculo Meu Seridó chega a zona Norte nesta quinta-feira (14)

O espetáculo teatral Meu Seridó segue em itinerânica pelos bairros de Natal e nesta quinta-feira (14) aporta no Espaço Cultural Jesiel Figueiredo, no Conjunto Gramoré, zona norte de Natal. As apresentações acontecem sempre às 18h e o acesso é livre.

Com direção de César Ferrario e texto de Filipe Miguez, Meu Seridó é uma produção permeada por afetos e memórias. A atriz Titina Medeiros, idealizadora do projeto, é acompanhada pelos atores Nara Kelly, Igor Fortunato, Caio Padilha, que também assina a trilha sonora do espetáculo, e Marcílio Amorim.

O projeto percorrerá ainda nesta primeira temporada os bairros do Panatis, Ponta Negra e Petrópolis.

SERVIÇO:
Espetáculo Teatral MEU SERIDÓ – Realização da produtora Casa de Zoé
14/12 – Espaço Cultural Jesiel Figueiredo – Gramoré
15/12 – Área de lazer do Panatis – Panatis
16/12 – Praça Henrique Carloni (Disco Voador) – Ponta Negra
17/12 – Praça Cívica – Petrópolis
Horário: 18h00
Mais informações: www.casadezoe.com.br 
ACESSO GRATUITO

O projeto de teatro itinerante percorrerá ainda diversos bairros. Foto: Brunno Martins/AI

Espetáculo teatral Meu Seridó faz apresentações gratuitas por toda a cidade

Com fortes questões norteadoras, o espetáculo “Meu Seridó” traz a condição da mulher no sertão, a extinção do indígena em detrimento do boi e a desertificação, na luta diária pela sobrevivência como força bruta do ser. Sonhado pela atriz Titina Medeiros, a peça tem direção de César Ferrario e texto de Filipe Miguez (autor da novela Cheias de Charme).

Personagens como José de Azevedo Dantas, Pajé Cuó, o português Rodrigo de Medeiros, a Maria Paraibana e Josefa Menina são as personificações da história que transpassa o imaginário da região.

A força do texto está nos personagens, como a fala de Maria Paraibana que diz: “Tu vai crescer neste meio, no seio de nossa família. Neste arquipélago seco, cada sítio é uma ilha. Neste clima inóspito e esdrúxulo, teremos de nos bastar/Numa casa de taipa sem luxo, nem acesso ao copiar. Tu vai viver só restrita à sala das mulheres/E passar o dia e a vida tomada por mil afazeres/Rendas, bordados, costuras serão tua eterna lida”.

Na tentativa de estabelecer um diálogo com a sociedade sobre desenvolvimento sustentável e preservação do meio ambiente, “Meu Seridó” ainda conta com a parceria da ONG Sou do Amor, por meio do projeto “Sementes do Amor”. Em cada apresentação, sementes nativas serão distribuídas para o plantio, estimulando a arborização dos espaços públicos.

Meu Seridó: Um pedaço de chão sertanejo no mundo. Foto: Reprodução/AI

Espetáculo Teatral MEU SERIDÓ – Realização da produtora Casa de Zoé

03/12 – Praça André de Albuquerque - Cidade Alta

14/12 – Espaço Cultural Jesiel Figueiredo – Gramoré

15/12 – Área de lazer do Panatis – Panatis

16/12 – Praça Henrique Carloni (Disco Voador) – Ponta Negra

17/12 – Praça Cívica – Petrópolis

Horário: 18h

Com 114 metros, tradicional árvore de Natal será inaugurada com festa

O brilho do clima natalino chega neste sábado (02) em Natal com a ligação da gigante e tradicional Árvore de Natal montada em Mirassol. Neste ano, a árvore tem 114 metros de altura, sendo 108 metros para a árvore em si e 6 metros da estrela de Belém, e terá três cores: verde (área interna); amarelo e vermelho (luzes externas).

A cerimônia de abertura dos festejos natalinos será às 19h, com entrada franca, ao som da Orquestra Ondas Musicais, organizada pela Marinha do Brasil. Na sequência, sobe o Coral Sons da Terra e a Banda Sinfônica do Natal apresentando seu Concerto Natalino. Para sacudir a noite, tem a bateria da Malandros do Samba e Debinha ao lado do Roda de Bambas com grandes clássicos do gênero. Fechando a noitada tem Toninho Gerais.

No entorno da árvore, há a tradicional Feira de Gastronomia e Arte que propicia 20 opções de gastronomia e 12 food trucks, além do melhor do artesanato potiguar, para o lazer da população e turistas.

A iluminação ficará acesa durante todas as noites no município e deve se prolongar até o dia 6 de janeiro de 2018. Foram investidos quase R$ 4 milhões e seiscentos e cinquenta mil reais, oriundos do Cosip.

Árvore de Natal é uma das maiores do país. Foto: João Maria

Outras árvores
Além da Árvore de Mirassol, outras duas árvores natalinas localizadas na Zona Norte, uma no entorno do Ginásio Nélio Dias e outra no Espaço de Lazer Marinho Chagas, no Parque dos Coqueiros, cada árvore terá 30 metros de altura, serão acesas.

Festa da Padroeira de Natal começa dia 11

Com o tema “Maria, Rainha dos Mártires, Senhora da Apresentação”, a festa da padroeira da Arquidiocese e da cidade de Natal, Nossa Senhora da Apresentação, inicia no próximo sábado (11), às 18 horas, com uma procissão. Serão 10 dias de festas, encerrando no dia 21 de novembro, no feriado no município de Natal.

No próximo sábado (11), com a abertura da programação festiva, haverá, a partir das 18h, procissão saindo da antiga Catedral para a Catedral Metropolitana, cujo será celebrada missa solene presidida pelo arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha.

No período de 12 a 20, a programação será intensa nas duas Igrejas. Na Igreja de Nossa Senhora da Apresentação (antiga Catedral), às 5 horas, acontecerá o ‘Caminhando com Maria’, saindo da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, culminando na antiga Catedral, com a celebração de missa. Às 16h30, haverá recitação do Ofício de Nossa Senhora e missa. Já, na Catedral Metropolitana haverá celebração de missa às 8h, às 11h e às 16 horas. Nos sábados, a celebração será às 11h e às 16h30, e, aos domingos, às 7h, às 11h e às 19 horas. Diariamente, às 19h, acontecerá a novena, seguida da parte sociocultural, com quermesse e apresentações de cantores e bandas potiguares, no pátio da Catedral.

Todo o novenário será transmitido pela internet, através dos meios de comunicação da Arquidiocese de Natal.

Aqui você consulta a programação completa.

Serão 10 dias de festas. Imagem: Divulgação

Escritora infantil Isa Colli levará dois títulos inéditos a evento internacional no México

A escritora brasileira Isa Colli prepara o lançamento de dois de seus títulos, A Gatinha Penélope e O Aniversário de Margarida, na Feira do Livro de Guadalajara (FIL 2017), no México, entre os dias 25 de novembro e 3 de dezembro. O evento é considerado um dos mais importantes do ponto de vista internacional sobre o mundo editorial. Isa Colli tem várias obras infantis publicadas em português e três títulos, inéditos no Brasil, já lançados em outros idiomas.

Isa durante o lançamento de um dos seus livros no Brasil. Foto: Divulgação

Agora chegou a hora do público latino-americano. Depois de ser destaque nas Feiras Internacionais de Portugal, Itália, Rio de Janeiro e Alemanha em 2017, Isa Colli prepara-se para voar para o México. Quando desembarcar em Guadalajara, Isa Colli espera, além de divulgar sua obra, cumprir a missão de contar ao público latino-americano suas histórias sobre amizade, ética, generosidade, respeito às diferenças e cuidado com a natureza.

“São mensagens universais, que tocam crianças em qualquer parte do mundo. É claro que, em cada país, elas reagem de maneira diferente porque os valores estão sempre ligados aos costumes e aos hábitos culturais. Mas seja no Brasil, na Alemanha ou na Itália, que foram lugares onde divulguei meus livros este ano, os leitores sempre se identificam com alguma história ou personagem. Esse desafio me motiva a correr o mundo”, diz Isa, que atualmente mora na Bélgica.

Festival Literário de Natal (FLIN) começa próxima semana na Ribeira

Henfil, Ariano Suassuna e Zuenir Ventura são três personalidades que, em suas respectivas áreas, deixaram e ainda deixam uma contribuição grandiosa para a cultura brasileira e para o mundo. Da arte do traço, humor, ativismo, política e irreverência; ou da literatura, música e cultura popular e do Nordeste Armorial; e da crônica, ficção e jornalismo literário. Assim é também o movimento Tropicalista, pois seus protagonistas são referências multiculturais para várias gerações posteriores.
 
Estes quatros pilares norteiam muitas das discussões na edição 2017 do Festival Literário de Natal – FLIN, que será realizado entre os dias 08 e 11 de novembro, na praça Augusto Severo e Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, na Ribeira.
Seu conteúdo engloba as muitas vertentes do fazer literário, mas vai além ao refletir sobre trajetórias relevantes, localmente ou em âmbito nacional, como é o caso das mesas sobre Veríssimo de Melo, Nísia Floresta, Manoel Dantas, Frei Miguelinho e Woden Madruga.
PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL LITERÁRIO DE NATAL – FLIN 2017
Continue Reading…

RN tem quase 160 mil inscritos no Enem 2017

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado para quase 160 mil pessoas no Rio Grande do Norte em 2017, informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Isso representa 2,3% do total de inscritos em todo o país.

Somente na capital potiguar, as provas serão aplicadas a 54.553 pessoas. Em Mossoró, segunda maior cidade do estado, são 18.960 inscrições. Pouco mais de 8,6 mil farão provas em Parnamirim.

XXIII Cientec da UFRN começa nesta quarta-feira

A XXIII Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começa nesta quarta-feira, 25, a partir das 8h, com programação completa que inclui estandes, sessão de pôsteres, reuniões acadêmicas e eventos paralelos, além de atrações culturais em diferentes polos do Campus Central. 

A cerimônia de boas vindas será às 19h, ocasião em que haverá o lançamento da plataforma da Campanha de Eficiência Energética da UFRN, seguida pelas apresentações culturais do grupo TrompeteArte e dos músicos Sami Tarik e Xangai.

A sessão de pôsteres e os estandes serão realizados na Praça Cívica do Campus Central. As reuniões acadêmicas que abordam diversas áreas do conhecimento em mesas-redondas, oficinas, palestras e minicursos, acontecem nos centros acadêmicos, departamentos, institutos, na Escola de Música e na Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM).

A programação completa da Cientec 2017 está disponível no site.

Imagem: Reprodução

Natal é uma das 7 piores capitais do país no quesito educação/cultura, diz estudo

Estudo realizado pela empresa de consultoria Macroplan mostra que a capital do Rio Grande do Norte, Natal, é uma das sete piores capitais do Brasil no quesito educação/cultura.

Em suma, o ranking foi formado por um índice que vai de 0 a 1 (quanto mais próximo de zero, pior é a condição de vida no local para as situações pré-determinadas), e Natal alcançou, neste caso, 0,434 como pontuação.

Além de educação/cultura, também foram aplicados no estudo os quesitos de saúde (Natal ficou em 11º, com 0,587), segurança (18º, com 0,633) e saneamento/sustentabilidade (19º, com 0,609).

No ranking geral, que faz a média das pontuações dos quatro quesitos analisados, Natal alcançou 0,542 pontos, se configurando como a 17ª melhor capital do Brasil para se viver.

Foto: Reprodução

Confira a pesquisa na íntegra AQUI.

São Miguel do Gostoso é destaque em programa da Globo News

O município de São Miguel do Gostoso foi destaque no programa do jornalista Fernando Gabeira, na Globo News, nesta segunda-feira (02). O programa mostrou como o lugar se tranformou em um centro de atração turística internacional.

A localidade vive basicamente da força dos ventos, sendo forte em geração de energia eólica e no turismo, com o windsurf e o kitesurf.

Clique aqui e assista na íntegra

Espetáculo sobre violência contra a mulher estreia no Teatro de Cultura Popular

A atriz Alice Carvalho lança o seu monólogo Inkubus com apresentações marcadas para sexta-feira (15) e sábado (16) no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP), Zona Leste de Natal.

O espetáculo escrito a partir de experiências pessoais e de mulheres próximas traz o histórico de abuso e assédio e com relações abusivas vividas por mulheres.

INKUBUS
15 e 16/09 – ESTREIA
Teatro de Cultura Popular (TCP) – 20h
Ingressos: R$30,00 (inteira);
R$15,00 (meia entrada)

Reprodução

ARTISTA PLÁSTICO ALEMÃO MAREK MANN EXPÕE EM NATAL

O artista plástico alemão Marek Mann realiza a exposição individual “Uma retrospectiva de Marek Mann”, cuja abertura será na próxima quinta-feira, 31 de agosto, às 19 horas, no Museu Café Filho (Rua da Conceição, 4290 – Cidade Alta). O evento é uma promoção do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto.

 

Para o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Iaperi Araújo, a obra de Marek é única: “Esta é uma exposição que pelos olhos nos leva ao coração uma mensagem de contemporaneidade e o público do Rio Grande do Norte, dificilmente verá uma outra seleção de trabalhos das artes visuais que seja mais comprometida do que esta com os caminhos da atualidade nas artes visuais e na criatividade de um artista que sendo europeu, deslumbra os trópicos com suas cores e seus personagens”.

A exposição ficará aberta a visitação até 31 de setembro, de terça a domingo, das 8h30 às 17h, na Praça Sete de Setembro, Centro, Natal/RN.

1 2 5